Pela primeira vez a capital paraibana vai realizar um São João gratuito com grandes atrações.

Para isso, a prefeitura preparou um forte esquema de segurança isolando a área que será monitorada e haverá entradas controlando o acesso do público.

O evento contará com ilhas de policiamento, revista pessoal na entrada com detectores de metal e será proibido entrada de bebidas de vidro

No total, 300 agentes da Guarda Metropolitana serão disponibilizados, atuando 150 deles em cada dia. “ Postos de apoio da Guarda estarão espalhados na área da festa para ajydar a população” destacou o secretário de segurança da capital, João Almeida.

O tenente-coronel do 1º Batalhão da Polícia Militar, Marques Júnior, explicou que a distribuição vai atender três camadas a partir do raio do local do evento. “A primeira camada é o entorno mais próximo, que terá policiamento a pé e radiopatrulhamento. Na segunda camada haverá policiamento motorizado e à cavalo e, em uma terceira camada, viaturas e motos para que tenham segurança na chegada e saída”, explicou. Ao todo 600 policiais militares vão atuar nos quatro dias do evento.

O tenente-coronel Silva Santos, do Corpo de Bombeiros da Paraíba, explicou que a corporação estará presente para atuar em possíveis incidentes com incêndio, emergências hospitalares, salvamento terrestre e salvamento aquático no entorno da Lagoa.