Uma operação policial movimentou a madrugada de Patos, no Sertão da Paraíba. Foram 43 mandados de busca e apreensão e 11 de prisão cumpridos em uma força-tarefa feita pela 15ª Delegacia Seccional de Polícia Civil, Delegacia de Homicídios e Entorpecentes, 3º Batalhão de Polícia Militar, Delegacia de Repressão ao Crime Organizado da Polícia Civil da Paraíba (DRACO), Grupo de Operações Especiais e o 4º Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba.

A operação, denominada Anates in Aere, visa coibir o grande número de homicídios que aconteceu em Patos desde o início do ano. De acordo com o delegado Afrânio de Britto, que comandou a ação, o grupo criminoso estava se instalando na cidade e aumentando consideravelmente as ocorrências de homicídios.

“É uma facção criminosa que está querendo se instalar em Patos, e que está cometendo muitos crimes no bairro do Jatobá. Passamos a investigar. Junto com o poder judiciário e com o Ministério Público, conseguimos 43 mandados de busca e apreensão e 11 de prisão. Nessa madrugada, desencadeamos a operação. Prendemos 10 pessoas, mais outras por estarem portando armas de fogos e drogas”, explicou o delegado.