João Pessoa tem registrado um aumento nos casos de síndromes gripais e autoridades de saúde tem alertado sobre proteção e cuidados.

É recomendado o uso de máscaras em todos os ambientes públicos e até mesmo dentro de casa, para evitar o contágio pelo vírus da gripe e também da covid-19 e proteger os grupos mais vulneráveis.

 Segundo o médico infectologista Fernando Chagas, as Unidades de Pronto Atendimento dos municípios da região estão lotadas.

Em apenas uma noite, na UPA de Cruz das Armas, 150 pessoas foram atendidas na unidade, com a síndrome gripal. ““Síndromes gripais em todas as portas das urgências da Grande João Pessoa. Estamos numa epidemia dentro da pandemia. Precisamos nos proteger. O cenário preocupa no sentido de que existem populações que são mais fragilizadas e mais expostas. Idosos, gestantes, puérperas, crianças abaixo de cinco anos de idade e pessoas com comorbidades. Essas pessoas precisam ser mais protegidas”, destacou.