Marcelo Queiroga, ministro da Saúde, afirmou que o Brasil fez “o dever de casa” em relação à emergência de saúde global relacionada à varíola dos macacos. A declaração foi dada hoje (25) durante um workshop sobre o assunto.

“Nós aqui no Brasil já vínhamos fazendo nosso dever de casa desde o primeiro rumor, desde o primeiro caso suspeito de varíola dos macacos”, disse.

Queiroga afirmou que o Brasil tem estrutura para realizar testagem da doença. “Temos quatro laboratórios hoje com a capacidade de realizar o diagnóstico: o Instituto Adolfo Lutz, a Funed, em Minas Gerais, a Fundação Oswaldo Cruz e o laboratório da Universidade Federal do Rio de Janeiro”, declarou.