Os servidores com cargos comissionados e os que tem gratificação da Câmara Municipal de João Pessoa terão os salários reduzidos em 22%. A decisão da Mesa Diretora da Casa, presidida pelo vereador Dinho (Avante), foi publicada no Semanário Eletrônico nesta última sexta-feira (23). A redução não atinge efetivos, só comissionados. Segundo a assessoria de imprensa da Câmara, a medida é fruto de perdas nos repasses do duodécimo e o corte nos salários deve perdurar até dezembro deste ano.

Ainda segundo a Mesa Diretora, a redução das receitas tributárias e transferências constitucionais acabaram provocando impacto nos valores do duodécimo repassado pelo Executivo ao Legislativo. Outro detalhe que impacto para comprometer a conta foi a aprovação da Revisão Geral Anual dos Servidores Efetivos no percentual de 2,5%.

Devido a esses fatores, em junho, a Casa fechou o mês no vermelho, comprometendo 67,54% da receita com despesas de pessoal, incluindo nesta conta os gastos com o subsídio dos vereadores. A projeção é que ao final de 12 meses o percentual chegue a 72,78%.