O prefeito de Alhandra, Marcelo Rodrigues, anunciou, que proposta de aumento do piso salarial da educação, em 33,24%, será encaminhada à Câmara Municipal na próxima semana, após análise com a secretária de Finanças, Karol Rodrigues e seus auxiliares. O chefe do Poder Executivo municipal fez o anúncio durante a abertura do ano letivo da Educação do município e também garantiu que o reajuste será retroativo a janeiro. 

O gestor municipal lembrou que sempre estudou em escola pública e citou a importância de trabalhar para valorizar ainda mais os professores e equipe da educação.

“Tudo que eu aprendi foi graças aos professores. Eu sempre fui aluno de escola pública e hoje estou prefeito e tenho sempre cumprido meu papel, não só com os professores, mas com todas as classes de funcionários da prefeitura. Mas com os professores em especial, vocês mereciam muito mais que um aumento de 33%”, disse o gestor.

Marcelo Rodrigues pontuou que já conversou com a secretária de finanças para implementação do aumento e retroagir a janeiro. Como sempre fiz na outra gestão, não vou fazer diferente, até porque é um direito de vocês” finalizou Marcelo, enfatizando a valorização que a categoria deve ter. 

Com a proposta, o reajuste será igual ao piso nacional da categoria, já anunciado pelo presidente da república, Jair Bolsonaro. O piso nacional é o valor mínimo que deve ser pago aos professores do magistério público da educação básica, em início de carreira, para a jornada de, no máximo, 40 horas semanais. Ele foi instituído pela Lei 11.738 de 2008, regulamentando uma disposição já prevista na Constituição Federal e na Lei de Diretrizes e Base da Educação (LDB). A lei estabelece, ainda, que os reajustes devem ocorrer a cada ano, em janeiro.